sábado, 22 de janeiro de 2011

mundo ao contrário


; Os dias são cinzentos, coloridos, a chuva cai seca na terra molhada, o vento sopra doido com calor, as horas passam como se fossem minutos, a música faz-se sempre escutar rouca, as estrelas aparecem lindas e brilhantes de dia, o sol nasce á noite, rodeado por nuvens lindas e brancas num céu de cor azul bébé, os passaros são mudos e voam pra longe , os carros não fazem barulho e não há filas de transito, os transportes publicos são quentes e acolhedores, as pessoas vivem felizes que nem loucas para protegerem aquilo que é seu com todas as suas forças, e eu não sobrevivo como faço no mundo real,  aqui eu vivo! neste mundo ao contrário que vive na minha cabeça, este mundo ao contrario que pintei na minha tela, pode até estar tudo normal cá fora e deprimente como sempre, mas é assim que as coisas funcionam aqui dentro, tudo porque neste meu mundo as pessoas simplesmente dão valor ao facto de as estrelas nascerem de dia, ao facto de o sol nascer de noite, á chuva cair seca nas terras molhadas, e ao estarem fascinadas com este mundo nem perdem tempo a serem falsas, e a mentir, mas mais importante do que repararem nesses promenores todos .. as pessoas aqui neste mundo perdem tempo, ao proteger que nem loucas aquilo que querem , aquilo que lhes pertence, que é o que aqui no mundo real não fazemos.
Suzy Silva*

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

O grito desesperado do seu ♥


O ódio destrói até os corações mais puros, e o coração dela encontra-se assim, completamente despedaçado, completamente destruído, mas a culpa de ele estar assim é dela, toda e unicamente dela,  ela é que não o soube proteger como ele lhe pediu , ela é que arriscou magoa-lo e se entregou de alma e coração a quem não a ajudava nessa sua protecção , ela é que se esqueceu de todas as vezes que se pôs de parte longe do mundo , a chorar rios e rios por não ter quem queria a seu lado , por ter sido mais uma vez enganada, por ter caído mais uma vez e não se conseguir levantar , esqueceu-se das vezes que o coração dela gritou por socorro , e pediu desesperadamente : por favor não me voltes a atirar assim pró meio de uma estrada, para as mãos de quem não me merece, pois tu melhor que ninguém sabes o quanto é difícil me recompor e ficar bom e sabes que nunca fico a 100 % , mas tu és teimosa, e insistes em bater mais mil e uma vezes com a cabeça na parede e depois quem sofre sou eu , eu sou o teu coração se tu sofres eu sofro , lembra-te que é a mim que recorres nas tuas alturas mais difícil , é a mim que recorres quando sentes o que te segura viva a partir-se, e quando te sentes perdida, não nos magoes mais aos dois por favor, pois nós cada dia que passa ficamos mais fracos e assim com tantas desilusões vamos acabar por morrer.
Mas ela ignorava esses seus pedidos e agora apercebe-se que devia ter ouvido o seu coração mais vezes antes de agir, mas agora é tarde, ele já se encontra num estado lastimável, e ela não o pode ajudar, pois encontra-se num estado ainda pior, mesmo assim ela ainda consegue ouvir a voz dele quase apagada a dizer , quando seguires a tua vida por vontade própria, deixares de escrever o seu nome em tudo o que é parte, deixares de te iludir com mentiras, conseguires parar de chorar como uma bebé, e de te sentares longe de tudo a sofrer, aí sim iremos conseguir recuperar os dois e começar uma vida nova , mas enquanto guardares aqui dentro de mim esse rancor, esse sofrimento , essa raiva que sentes de ti , mas acima de tudo esta dor gigante que te acompanha, não irás conseguir e só me continuarás a magoar mais e mais , nesta altura com as lágrimas nos olhos, ela percebeu que ainda ia a tempo de ajudar o seu coração e que ele tinha toda a razão e respondeu-lhe também baixinho , juntos havemos de conseguir chegar ao fim desta etapa totalmente novos.